Pular para o conteúdo principal

STF | Ministério público SP alerta: legalizar drogas estimula o crime

STF | O Ministério Público paulista se manifestou contrário à descriminalização do porte de drogas, como pretende ação cujo julgamento será retomado no próximo dia 21 no Supremo Tribunal Federal (STF).
• 10 de junho de 2023 | STF
| Foto: A/D

O risco à sociedade é real: apesar da legislação que o proíbe, já há três votos favoráveis ao liberou geral: Gilmar Mendes, Luís Roberto Barroso e Edson Fachin.

O MP lembra que “a proliferação das drogas é, visivelmente, uma das causas principais do aumento da criminalidade”. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

A ação chegou ao STF após ação da Defensoria Pública, tomada por ativistas, defende um preso flagrado com maconha na própria cela.

A criminalização é “um imperativo” no enfrentamento dos problemas de saúde e de segurança causados pelo tráfico de drogas, alega o MPSP.

Faltam três votos para que a descriminalização do porte tenha maioria favorável no Supremo. O próximo a votar será Alexandre de Moraes.

| Fonte: Diário do Poder

| Open.blog.br © simplesmente tudo.
| OpenBrasil.org © conecte-se com o mundo.


OpenBrasil.org | Conecte-se, é fácil e muito útil.