Pular para o conteúdo principal

Política | Ex-ministro dispara: ‘Lula vive de ilusões’

Política | Arthur Virgílio, ex-ministro do governo Fernando Henrique Cardoso, acredita que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva será refém do Congresso, sob o comando de Arthur Lira (PP-AL).
• 19 de junho de 2023 | Política
| Foto: Ricardo Stuckert

“O problema básico do governo Lula é que ele tem um governo sem nenhum projeto”, disse ao jornal Estado de S. Paulo. “Vai ser refém do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira.”

Desfiliado desde o fim do ano passado do PSDB, Virgílio avaliou que a falta de uma maioria parlamentar baseada em programas de governo coloca o Executivo no mesmo caminho que levou ao “Mensalão”. No escândalo, o ex-ministro José Dirceu e parte da cúpula do PT foram condenados por corromper parlamentares em troca de apoio político.

“Como ele não tem projetos, então é obrigado a conversar em outros termos com os parlamentares. E foi assim que aconteceu a esparrela do Mensalão”, lembrou.

Virgílio, que já foi senador, deputado e prefeito de Manaus, disse que em 2003 Lula “era uma águia”, enquanto hoje vive de “ilusões”. “Se você não tem projeto e não constrói credibilidade com a maioria do Parlamento”, acaba tendo de fazer maiorias compradas, explicou.

O ex-ministro ainda se disse preocupado com os rumos que o governo Lula está tomando. Segundo ele, a Comissão Parlamentar de Inquérito, uma das armas da oposição, foi anulada pelo governo na tentativa de controlá-la.

“A CPMI (dos atos de 8 de janeiro) só convoca adversários e deixou de convocar o ex-ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional o G. Dias. Não vai ser convocado o cara que deu água para os insurgentes. É uma confissão de culpa o governo Lula não querer que pessoas dele sejam ouvidas. Um cara que tem contato permanente com GSI e Agência Brasileira de Inteligência não pode não saber do que está acontecendo.”

| Fonte: Revista Oeste / Terra Brasil

| Open.blog.br © simplesmente tudo.
| OpenBrasil.org © conecte-se com o mundo.


OpenBrasil.org | Conecte-se, é fácil e muito útil.